Você conhece seus fluidos?




Qual a importância de saber disso?


Conhecer os fluidos vaginais ajuda a entender quais mudanças hormonais estão ocorrendo em seu corpo.

Checar o muco cervical fará com que conheça melhor o seu ciclo, detectando a #ovulação e os dias em que está mais #fértil, além de facilitar a identificação de um #corrimento atípico, indicativo de alguma infecção.


(Caso esteja querendo #engravidar , existem também outras técnicas de percepção da #fertilidade).



Colo do útero


Possui glândulas que produzem muco. Ao longo do ciclo, a textura, opacidade e volume desse muco se modifica (seco, úmido, cremoso, "clara de ovo", elástico, pegajoso)...


Herdamos crenças negativas sobre nossos fluidos e isso confunde muitas mulheres. O muco cervical é um fluido natural que não está relacionada a doenças, irritações, ardências ou coceiras e não tem odor!

O muco é um protetor e mostra que nosso corpo funciona!


Muco pegajoso


Após o período menstrual, o estrogênio ainda está aumentando, portanto há baixa produção de muco e muitas mulheres percebem a vagina mais seca ou sem muco nos primeiros 2 dias após a menstruação.


Logo após o período mais "seco", é possível perceber um muco mais denso, pegajoso que indica baixa probabilidade de engravidar. Quando se torna mais opaco e flexível, está semi-fértil, rumo a ovulação!


Muco aquoso


Próximo a ovulação, mais muco é produzido. Mais aquoso e escorregadio.

O muco "clara de ovo", é elástico e indica que está em dias férteis, com alta probabilidade de engravidar.


Muco esbranquiçado


Diferente do muco hidratante e homogêneo que pode aparecer antes da ovulação.

O muco esbranquiçado é mais grosso, com pequenos grumos, não elástico.

Pode aparecer após a ovulação, com o aumento da #progesterona e costuma ser um período onde muitas mulheres relatam mais intensidade nas emoções, alterações de humor, introspecção, aumento de apetite, cansaço...


Algumas mulheres costumam confundir esse muco com #candidíase, mas se nao for acompanhado de ardências, fissuras, coceiras e dor, ele é um fluido normal.


Apresentar o mesmo tipo de muco durante todas as fases do ciclo pode indicar que não esta tendo uma variação hormonal adequada. Consulte um ginecologista.



Como conferir?


Você consegue conferir o #mucocervical até no papel higiênico, mas também pode usar os dedos para sentir se há fluido na entrada da vagina ou introduzir o dedo dentro da #vagina, próximo ao colo do #útero e coletar o muco.


Esfregue o muco entre os dedos. Apertando e afastando os dedos devagar.


Existem diferentes tipos de muco cervical. Cada #mulher é única e os fluidos podem ter algumas variações, até mesmo na quantidade produzida.

Observações:


  • Mulheres que não produzem o muco elástico em quantidade adequada e desejam engravidar, devem procurar orientação médica.

  • Na gravidez o muco tipo hidratante é o mais presente, mas pode ser que o elástico apareça. Converse com seu obstetra sobre essas alterações.

  • Se perceber alteração na coloração dos mucos, procure orientação. Principalmente se estiverem acompanhados de algum odor e desconforto.

  • O que foi dito aqui sobre os tipos de muco não poderá ser aplicado para as mulheres que usam anticoncepcionais ou implantes hormonais.



Nutricionista Paula Macieira

CRN19100704


Tratado de Ginecologia, ed. Guanabara Koogan, 2018

Endocrinologia Ginecológica Clínica e Infertilidade, 8ª edição; 2019.

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo